Mais uma vez saímos da audiência pública de prestação de contas (que a CAPEP é obrigada por Lei a fazer) sem nenhuma prestação de contas. Na reunião passada (que só aconteceu com a pressão do Sindserv) as contas não foram apresentadas com a justificativa de que com a auditoria sobre as contas de 2012 em andamento não seria possível divulgar os números desse ano.

Já na audiência pública realizada no dia 23 de outubro, apesar da auditoria já ter finalizado seu estudo, a autarquia não prestou contas novamente com o pretexto de que agora o resultado deveria ser aprovado previamente pelo Conselho Fiscal, para fechar 2012 e, somente depois disso tudo, divulgar as contas de 2013.

A CAPEP não queria nem mesmo divulgar o parecer técnico da empresa responsável pela auditoria sobre as contas do ano passado. Só após muita pressão do Sindserv e dos servidores presentes, foram lidas as 6 ressalvas que a auditoria fez sobre as contas de 2012. O Conselho Fiscal, que conta com dois diretores do Sindserv, analisará esse documento e em breve divulgará como anda de fato a saúde financeira da nossa CAPEP-Saúde.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.