Neste dia 15 de abril o Sindserv se deparou no D.O. uma portaria da Seduc que trouxe a sensação de que Santos está voltando aos tempos da ditadura.

A protaria 086/08 (pág. 09) declara instaurado inquérito administrativo contra diretores do sindicato, perseguidos pelo prefeito e pela secretaria Suely Maia por defenderem os interesses dos professores substitutos e impedirem as falcatruas no processo de atribuição de aulas que privilegiaram os contratados pela Lei 650.

Um inquérito administrativo que visa a exoneração dos “investigados” é a punição que caberá aos diretores do Sindserv por terem denunciado ao Ministério Público Estadual as irregularidades cometidas por essa administração.

Na Prefeitura é assim: quem não reza na mesma cartilha da administração é ameaçado de punição e exoneração.

BASTA DE PERSEGUIÇÃO!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.