Um grupo de servidores municipais fará um ato hoje na Câmara de Santos para marcar a entrega da pauta de reivindicações dos trabalhadores ao Lesgislativo.

O ato, marcado para às 18h, visa conscientizar os vereadores, especialmente aqueles que ingressam no primeiro mandato, sobre a importância de incluir os trabalhadores no momento de crescimento econômico que Santos vive.

Para que essa inclusão e esse reconhecimento do servidor seja feito com justiça, o Legislativo precisa estar sensível às reivindicações da categoria, que passou 8 anos sem aumento, e que nos últimos anos tem penado com o aumento de descontos no holerite e com a precarização da Capep Saúde. Afinal, são os vereadores que votam o projeto de lei estabelecendo o reajuste dos trabalhadores.

Na assembléia da categoria, realizada no último dia 22, os servidores decidiram reivindicar esse ano o mesmo aumento de 28,53% que o prefeito Papa deu para si próprio e para os seus secretários. Vale lembrar que há quatro anos, Papa também reajustou os vencimentos do 1º escalão de seu governo em 33%. Na época a categoria teve apenas a reposição da inflação e um pequeno abono.

Os 28,53% pedidos esse ano serão a cargo de aumento real, ou seja, além da reposição da inflação dos últimos 12 meses que, segundo o Dieese, foi de 7%.

A pauta de reivindicações foi protocolada no dia 28, diretamente no gabinete do prefeito Papa. Agora a categoria aguarda o agendamento de uma primeira reunião abrindo oficialmente as negociações da Capanha Salarial 2009.

Além do reajuste, os outros pontos da pauta de reivindicações são os seguintes:
– Mesmo índice de aumento dos salários para o reajuste do valor da cesta básica;
– Volta do pagamento da cesta básica para os aposentados;
– Extensão da cesta básica para todos os níveis (hoje só servidores até o nível L têm direito);

– Apoio ao abaixo-assinado de servidores de níveis M, N e O na luta pela concessão de cesta básica;
– Auxílio-alimentação de R$ 220,00 também para os aposentados;
– Extensão do adicional por tempo de serviço para os celetistas estáveis.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.