Infelizmente o título acima posto é realidade e não uma invenção dos críticos do Sindest! Essa entidade sindical passa a integrar o governo dirigido pelo PSDB com a nomeação de um de seus principais diretores como Coordenador dos Transportes da Secretaria de Gestão, ocupando um cargo de confiança de nível C2. Tal fato reproduz o que ocorreu no governo Papa com o então diretor do Sindest, José Roberto Mota, que foi agraciado com o cargo de confiança na Capep.

Lamentamos a participação do Sindest
no governo municipal porque um dos mais importantes
princípios de uma entidade sindical é
a independência de patrões, partidos e governos.

Uma instituição que mantém um de seus principais
membros com cargo destes, torna-se uma
extensão do gabinete do prefeito. Nos dá razão a
sabedoria popular ao afirmar que “não é possível
servir a dois senhores”!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.