Charge com o Bolsonaro e um empresário fugindo. Bolsonaro carrega uma pasta escrita "Reforma Administrativa". De fundo a população protestando.

A Reforma Administrativa vai piorar os serviços públicos para os servidores e para a população. As administrações voltarão a ser grandes cabides para contratação de indicados e cabos eleitorais. Também vai, na prática, acabar com os concursos públicos.

O dinheiro público agora poderá ser desviado oficialmente para as empresas amigas, as campanhas eleitorais e as rachadinhas (aquele esquema em que o político contrata alguém, mas exige que o contratado deposite parte do próprio salário na conta do político).

A Reforma não acaba com privilégios, nem mexe com eles. Ao contrário, mantêm os privilégios e os altos salários de juízes, políticos, promotores, diplomatas, cúpula dos militares e outros.

O único objetivo dessa Reforma é piorar os serviços públicos e atacar os servidores que atendem a população mais vulnerável.

Saiba mais sobre a Reforma aqui.

SÓ A LUTA VAI GARANTIR NOSSOS DIREITOS

Os servidores estão se unindo nacionalmente para enfrentar esse duro ataque. É preciso que os servidores de Santos também participem. Nos dias 29 e 30 de julho será realizado o Encontro Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Setor Público para enfrentar essa Reforma. Acesse www.contrapec32.com.br para saber mais sobre o evento.

E a luta não para por aí, a partir de agosto novos atos de rua e atividades precisarão ser realizadas até a derrubada completa da PEC 32!