Na última mobilização que os servidores fizeram para manter o adicional de titularidade, que ocorreu em 27/06, o secretário de gestão comprometeu-se a reunir-se com os servidores na segunda-feira 01/07, para discutir a tramitação do projeto que está na Câmara dos Vereadores.

Mas, como é rotineiro no comportamento desse prefeito, na sexta-feira desmarcaram, aplicando mais um passa-moleque na categoria. A ideia deles é a de sempre: empurrar a discussão com a barriga e depois, juntamente com os vereadores, atropelar os servidores. A desculpa da vez é que o secretário de gestão não teria falado com o prefeito ainda, e que é necessário mais uma semana para que a tal conversa aconteça.

Se até quarta-feira 10/07 não houver resposta do governo (marcando a reunião com brevidade), a proposta é que a categoria compareça em massa no Paço Municipal na quinta-feira 11/07 para dizer que não engoliremos enrolação.

A titularidade é um direito conquistado com mobilização e só será mantido com mais mobilização!

SINDSERV SANTOS – julho/2019

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.