Servidores do almoxarifado reunidos no saguáo do prédio onde fica a Secretaria de Saúde

Na reunião dos trabalhadores com o Secretário de Saúde no último dia 5, os representantes do governo disseram que não têm nada fechado em relação à terceirização do Almoxarifado.

Apenas existiria um estudo, mas esse estudo teria sempre em todas as áreas da Prefeitura para ver onde há a possibilidade de economizar dinheiro.

Isso é bem diferente do que o Secretário de Comunicação, Flávio Jordão, disse na Rádio Mix e do que anunciou o coordenador da COSUPRI-SMS (Coordenadoria de Suprimentos da Saúde) para os servidores.

E esse recuo é um reflexo direto da mobilização dos funcionários da unidade. O governo não teria voltado atrás se os trabalhadores não tivessem criado o movimento e mostrassem disposição para a luta.

Não é uma vitória definitiva, mas uma vitória ainda que parcial. Isso não significa que dá pra relaxar, é preciso manter a corda esticada.

SÓ A LUTA MUDA A VIDA!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.