Charge do Bira: GREVE GERAL

Os servidores de Santos estarão concentrados na Praça Mauá (Centro) a partir das 9h.

DE NOVO?!?

Sim, esse é um péssimo momento para os funcionário públicos de Santos que já tiveram retaliação do prefeito ao exercer o direito legítimo de greve por reajuste de salário (desconto dos dias parados). Porém, esse também é um dos piores momentos da classe trabalhadora brasileira que no meio de uma crise (com milhões de desempregados) terá que somar esforços para BARRAR os ATAQUES dos patrões e seus governos!

ELES SÓ QUEREM O IMPOSTO SINDICAL!

Sim, tem central sindical e sindicatos fajutos que só fingem que estão na luta, mas na verdade só querem salvar o Imposto Sindical. Em todo movimento há oportunistas, mas não será por isso que deixaremos de lutar! De nossa parte você já sabe, SOMOS CONTRA O IMPOSTO SINDICAL, ESTAMOS NA LUTA CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS!

Entenda o que querem os patrões e seus governantes com as reformas:

Reforma Trabalhista

Eles dizem que querem “modernizar” a CLT “às necessidades e desafios dos tempos atuais”. Pura mentira! De que adianta ter direitos na Lei se a própria Lei permitir que eles sejam driblados por “acordos” entre partes com poder tão desigual?

A negociação direta entre patrões e trabalhadores era o que imperava antes da CLT. Ou seja, este sim é um modelo bem velho, vigente na República Velha, época de conflitos trabalhistas constantes, de acordos assinados e ignorados por patrões motivando reiteradas batalhas e greves.

Não se trata de modernizar, mas de – pura e simplesmente – recuperar as altas taxas de lucro derrubadas pela crise.

Mesmo os estatutários terão enormes prejuízos com esse ataque à CLT. Primeiro que há inúmeros casos em que a legislação é omissa em relação aos servidores públicos, fazendo com que os juízes tomem decisões se baseando na CLT.

Segundo que o funcionário público não está em uma ilha isolada. É óbvio que a destruição da CLT será seguida de inúmeras investidas contra os nossos direitos, com a desculpa que seriam “privilégios”, já que fora do serviço público será terra arrasada.

Reforma da Previdência

O mantra de que a Previdência está em déficit já foi desmascarado por diversos economistas. Porém, se houvesse realmente um rombo nos cofres que pagam as aposentadorias, porque querem passar a conta para os trabalhadores (de novo)?!?

Você sabia que, segundo os dados do próprio governo, as empresas devem 426 bilhões de reais ao INSS? Esse montante equivale a três vezes o que é alegado como déficit da Previdência em 2016.

Os próprios senadores e deputados que estão discutindo essa reforma são devedores também. Segundo a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, as empresas deles devem juntas à Previdência R$ 372 milhões.

JUNTE-SE NESSA LUTA, O SEU FUTURO E DE SEUS FILHOS DEPENDE DISSO!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.