Foto do ato

PRÓXIMO ATO: 14/01 (quinta-feira), 14h, Praça Mauá!

O movimento de mães/pais de alunos e professores continua firme contra a terceirização da Educação Especial. Isso forçou um novo recuo do governo. No dia 07/01, durante o ato de entrega das reivindicações ao novo prefeito, o governo anunciou que vai manter o Projeto Mediador com os professores concursados. Porém, o governo insiste na terceirização, destinando as vagas que faltarem para as OSCs (Organizações da Sociedade Civil).

A desculpa é que não haveria professores suficientes para exercerem a função de Mediadores no contraturno. A verdade é que essa insuficiência de professores é causada pelo próprio governo que nunca os repõe em número suficiente.

Para resolver esse problema, a solução não é a terceirização e sim preencher todos os cargos vagos com profissionais concursados. Por isso, a categoria reivindica:

  • Promoção de Especialistas I, II e III, a partir das listas vigentes, para preencher todos os cargos vagos;
  • Abertura de concurso de promoção para PEBs II (Professores de Educação Básica), para preencher todos os cargos vagos;
  • Convocação dos Professores Adjuntos I e II das listas vigentes do concurso de ingresso;
  • E que todas as vagas que não forem preenchidas do Projeto Mediador sejam apresentadas e preenchidas no processo de atribuição de aulas em janeiro, seja por meio do Projeto 150 horas/aula ou pela atribuição de 200 horas/aula.

Reunião com a Seduc agendada. Movimento estará presente

A Seduc chamou o SINDSERV Santos para uma reunião sobre uma possível volta às aulas presenciais. Mesmo a reunião não sendo sobre a Educação Especial, o movimento estará presente com representantes da categoria e das mães/pais dentro da reunião e na praça fazendo pressão.

A reunião está marcada para às 15h do dia 14/01 (quinta-feira). Então, todos devem se dirigir à Praça Mauá para o ato a partir das 14h.

Sobre a volta às aulas presenciais, a posição do sindicato será a que foi deliberada pela categoria em assembleia: SÓ COM VACINA!

TODOS CONTRA A TERCEIRIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL!
TODOS AO ATO: 14/01 (quinta-feira), 14h, Praça Mauá!