INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA (IPREVSANTOS) SOLICITA REPASSES E GOVERNO DIZ QUE NÃO TEM DINHEIRO
 
Na última reunião do Conselho de Administração do IPREV, fomos surpreendidos por uma proposta incomum e perigosa apresentada pelo Sr. Jorge Manoel (Presidente do Iprev). Com base na posição do Secretário de Finanças de que a prefeitura de Santos está passando por dificuldades financeiras para cumprir seus compromissos e realizar os repasses solicitados pelo IPREV, o presidente da autarquia sugeriu que utilizássemos a “poupança” do Instituto (taxa de administração) para custearmos os pagamentos de parte dos aposentados e pensionistas.  Segundo ele, o instituto celebraria um acordo com a prefeitura onde a mesma confessaria a dívida e se comprometeria a fazer os repasses em um futuro próximo.
 
EXPLICANDO "NO POPULAR":
O IPREV teria que se virar para pagar as aposentadorias e pensões com o pouco dinheiro que tem e o governo assinaria uma confissão de dívida para pagar “no futuro, quando a situação melhorar e se Deus quiser”.
 
O SINDSERV DISSE NÃO:
Imediatamente nos posicionamos contra a proposta e os demais integrantes do Conselho adiaram sua decisão para a próxima reunião por sentirem-se “inseguros”. Solicitamos também que o IPREV, na pessoa de seu presidente, comunique ao Sr. Álvaro dos Santos Silveira Filho – Secretário de Finanças – para que execute os repasses previstos em Lei, pois desde a fundação do instituto até hoje nunca tivemos problemas dessa ordem e não será agora, que as coisas irão mudar.
 
SÓ A LUTA MUDA A VIDA

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.