Um grupo composto de funcionários das escolas classificadas como complexas (Esmeraldo Tarquínio, Oswaldo Justo, Pedro Crescenti, Pedro II, Cidade de Santos, José Carlos de Azevedo Júnior, Padre Leonardo Nunes e Vinte e Oito de Fevereiro) e por diretores do Sindserv, esteve ontem, pela manhã, no gabinete do secretário de gestão para tratar da extensão da gratificação de complexidade aos funcionários.

O secretário de gestão, durante a reunião, após solicitação do grupo, nos entregou a minuta do projeto de lei que estende a gratificação aos funcionários (veja aqui) e comprometeu-se a encaminhá-la, como projeto de lei, ainda neste semestre à câmara.

Os funcionários esperavam que durante a reunião a reivindicação já estivesse plenamente atendida, porém o secretário nos informou que ainda existem entraves burocráticos junto à secretaria de finanças.

Sendo assim, exigimos maior agilidade para a resolução dos trâmites burocráticos e ressaltamos que a reivindicação, além de legítima, corrigirá uma injustiça cometida contra os funcionários, que já durou tempo demais.

A LUTA CONTINUA!
POR NENHUM DIREITO A MENOS, AVANÇAR NAS CONQUISTAS!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.