Diante da manifestação marcada pelos servidores em assembleia, Governo aumenta proposta de reajuste salarial para 7,5% numa tentativa desesperada de desmobilizar. Mesmo assim, o ATO ESTÁ MANTIDO para quarta-feira (12/02), no Paço Municipal (Praça Mauá), à partir das 15h com concentração geral às 17h!

A assembleia que irá avaliar essa nova proposta da Prefeitura já está marcada para sexta-feira (14/02), às 19h, no auditório do Sindaport (R. Júlio Conceição, 91, Vila Mathias).

SINDSERV junto com a categoria X Governo junto com Sindest
Os servidores estão de um lado lutando por um salário digno e a Prefeitura está do outro lado tentando manter nossos salários achatados. Nessa disputa, o Sindest como sempre está do lado da Prefeitura, sendo usado como um braço da mesma dentro do funcionalismo público.

Esse braço tentou mais uma vez confundir os servidores realizando uma assembleia fantasma. Diversas Kombis foram vistas cheias de chefias, cargos de confiança e contratados com chequinhos (que NÃO são servidores) indo para a assembleia de araque e assim aprovaram a proposta da Prefeitura. Nessa reunião fantasma, o presidente do Sindest rasgou elogios ao prefeito e sua proposta de reajuste. Chegou a dizer que ficou mais de 20 dias em reunião na Prefeitura. É ou não é um braço do governo?!?

QUESTÃO DE HONRA!
Ou o servidor enche o ato nessa quarta e a assembleia na sexta, ou terá que engolir os 7,5% de reajuste! E pior, se os trabalhadores se omitirem agora estarão dando aval à tramóia feito pelo Governo em conchavo com o Sindest!

Você concorda que chefias, cargos de confiança e contratados com chequinhos (que NÃO são servidores) decidam por você?!?! Só os servidores podem decidir os rumos da Campanha Salarial!

TODOS AO ATO NA QUARTA
(12/02, no Paço Municipal, à partir das 15h
com concentração geral às 17h)!

TODOS À ASSEMBLEIA NA SEXTA
(às 19h, na R. Júlio Conceição, 91)!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.