Os profissionais da Educação (funcionários e professores) irão até a SEDUC (Rua Frei Gaspar, 25, Centro) no dia 06/05 (quarta-feira), às 17h45, entregar suas pautas de reivindicações. Essa foi a deliberação em comum tirada pelos trabalhadores da Educação em suas respectivas assembleias.
 
O que ficou nítido em ambas assembleias, é que a PROPOSITAL falta de profissionais na rede de ensino para facilitar a entrada de uma OS (Organização Social) nas escolas é a real causadora pelo não cumprimento de TODOS os itens pelos quais os educadores tem que lutar. É única e exclusivamente por esse motivo que a Prefeitura não nomeia novos funcionários e professores, mesmo tendo listas vigentes do Concurso Público de 2011. Sem nomeação, não tem Promoção e nem abertura de novo Concurso.
 
A intenção é de sucatear as escolas propositalmente para que os "voluntários" do Projeto Escola Total (que em breve será gerida por uma OS) ocupem cada vez mais funções de funcionários e assumam cada vez mais aulas de Professor Substituto e Auxiliar de Classe. É por isso que as nomeações são a conta gotas, algo totalmente avesso à realidade de falta de profissionais generalizado por todas as unidades que exigiria a nomeação para TODOS os cargos vagos e salas provisórias.
 
Por isso, ambas as assembleias decidiram incluir em suas pautas o fim da terceirização na Educação de Santos. Se quer ter o contraturno, que ele seja gerido por profissionais de Carreira.
 
PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO
Além dessa importante decisão unificada, a assembleia dos profissionais do magistério (PEB I e II, Professor Adjunto I e II, Especialista e EDI) também definiu sua pauta específica de reivindicações que será entregue no ato:
-Promoção de Adjunto I e II (para TODOS que tenham 3 anos de exercício efetivo na data de abertura do concurso de promoção) para Professor de Educação Básica I e II;
-Nomeação (da lista vigente do Concurso Público de 2011) para todos os cargos vagos e salas provisórias;
-Abertura de Concurso Público imediatamente ao término do Concurso vigente.
 
FUNCIONÁRIOS DE ESCOLA
A assembleia dos funcionários de escolas (Agente de Portaria, Auxiliar Bibliotecário, Auxiliar de Serviços Gerais, Cozinheiro, Inspetor de Alunos, Oficial Administrativo e Secretário Escolar) também incluiu pautas específicas, são elas:
-Extensão do Recesso Escolar para os funcionários (em Lei);
-Fixação/Remoção de sede (em Lei);
-Adicional noturno à partir das 19h (em Lei);
-ProFuncionário: Adicional para quem cursou e retomada do projeto com mais vagas;
-Redução da jornada para 30h, sem redução de salário;
-Nomeações de novos funcionários do Concurso vigente e abertura de Concurso Público.
 
SÓ A LUTA MUDA A VIDA!
TODOS AO ATO UNIFICADO!
06/05 (quarta-feira), às 17h45
SEDUC (R. Frei Gaspar, 25, Centro)

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.