Foi publicada no Diário Oficial no último dia 14 a Lei 2.700, que renova por mais um ano a contribuição adicional de 1% da Prefeitura para a Capep Saúde.

O maior aporte do Executivo nos cofres da entidade foi uma reivindicação dos trabalhadores nas mobilizações que fizemos em 2008 e 2009. Infelizmente, ele foi acompanhado pela taxação dos dependentes de servidores, o maior e mais duro corte de direitos que sofremos nos últimos anos.

Estamos de olho e continuaremos a perseguir não só o fim da taxação dos familiares como também eleições diretas para superintendente e conselho administrativo e o fim da era E&E.

Vamos batalhar também para retomar o convênio com o Hospital do Câncer para pacientes novos, para que cessem os descontos por cirurgias e para que uma auditoria séria e isenta seja feita nas contas da entidade.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.