Servidores, usuários e familiares de usuários do CAPS AD II em assembleia

A luta dos trabalhadores, usuários e familiares de usuários do CAPS AD II (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas) está fazendo efeito. O chefe do Departamento de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde de Santos foi até a unidade com engenheiros da Prefeitura no dia 04/11.

E no dia seguinte foi na assembleia do movimento e se comprometeu com o início da reforma da unidade até o dia 21/11. Segundo ele, a reforma deixará a Enfermaria e Farmácia em condições de voltar a funcionar.

Na reforma também estaria incluída a troca do forro e rede elétrica, além da pintura e aquisição de ventiladores.

Em paralelo à reforma, o governo está em negociação para mudar o CAPS AD em definitivo e transforma-lo em 24h. São eles:

  • Av. Bernadino de Campos, 301, Vila Belmiro;
  • Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 311, Macuco;
  • R. Paraná, 131, Vila Mathias (imóvel da própria Prefeitura onde funcionava a Junta Militar).

Não é a primeira vez que o governo promete a reforma ou a mudança de imóvel. A unidade já está há 9 anos nesse local que deveria ser provisório.

Os usuários, familiares e servidores fizeram duras críticas sobre essa demora do poder público que caracterizaram como descaso. E após as informações passadas pelo governo, o movimento decidiu continuar na luta para que as promessas se transformem em realidade.

Por isso, a próxima reunião será justamente no dia 21/11 (14h na unidade) para ver se a reforma realmente começou.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.