Esperar o que o prefeito Papa tem a dizer. Foi o que decidiu na assembléia de ontem os servidores municipais a respeito da Campanha Salarial 2009. Embora o secretário de Administração, Edgard Mendes Baptista Jr,  tenha se comprometido a conseguir uma audiência com Papa, o encontro não foi possível por problemas de agenda do prefeito, em virtude da visita do governador José Serra à Baixada Santista.

A categoria, que está em estado de greve, decidiu dar um voto de confiança e esperar para essa semana uma reunião com o Papa e brigar por uma contraproposta alternativa ao 6% oferecidos. O Sindserv espera uma posição até a próxima quarta-feira. Enquanto isso, continua na sessão da Câmara desta segunda (6/04) a vigília para impedir que o projeto que estabelece o reajuste de 6%  seja votado.

Compareça você também na Câmara e demonstre seu interesse em conquistar um aumento justo.  

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.