Depois de mais de uma hora de discussão e muito bate-boca em plenário, a CâmaradosVereadoresde Santos aprovou nanoite de ontem as novas regras para a concessão de cesta básica aos servidores inativos da Cidade. A partir de agora, receberão o benefício aposentados e pensionistas que ganham até dois salários mínimos por mês (R$930,00).

O problema todo é que a lei sobre o assunto já tinha sido aprovada pelos vereadores no mês  passado, excluindo os pensionistas da história, porém beneficiando os 2.837 aposentados registrados na Prefeitura de Santos. Alei valeria até 31dedezembrode2012.

Depois disso, o prefeito João Paulo Tavares Papa enviou à Câmara Municipal três emendas, incluindo os pensionistas na cesta básica, tornando a proposta válida por tempo indeterminado
e, o grande problema, limitando a concessão do benefício para quem recebe até R$930,00.

Com a aprovação das três emendas de ontem, serão beneficiados 793 aposentados e 839 pensionistas, totalizando 1.622 pessoas. Isso exclui 72% dos aposentados, ou 2.104 pessoas.
Cada cesta básica custará R$ 90,00 aos cofres públicos santistas. Em protesto, os vereadores Telma de Souza, Cassandra Maroni e Adilson Júnior, do PT, se retiraram do plenário antesda votação. Eles defenderam um teto de três salários (R$1.395,00)paraocorte.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.