João Donizeti da Silva

Na manhã desta quarta-feira (03/08), o dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira e Região, João Donizeti da Silva (INTERSINDICAL), foi perfurado com duas facadas por um segurança privado da empresa Mercedes-Benz em Iracemápolis. O dirigente foi imediatamente levado para o hospital da Santa Casa em Limeira e passa por cirurgia.

A tentativa de homicídio ocorreu por volta das 5h20 da manhã, no início de uma assembleia em que a direção do Sindicato foi informar os trabalhadores da fábrica sobre o processo de negociações de PLR (Participação nos Lucros ou Resultados) e da Campanha Salarial 2016.

A direção do Sindicato registou boletim de ocorrência e vai ao Ministério Público para denunciar a tentativa de homicídio e o despreparo da segurança privada da Mercedes-Benz durante as atividades sindicais dos metalúrgicos. Tal irresponsabilidade põe em risco a vida dos dirigentes sindicais que representam a categoria e dos próprios trabalhadores.

Após as denúncias, o Sindicato espera que os responsáveis sejam punidos, tanto o agressor quanto a empresa de segurança privada e a contratante Mercedes-Benz.

Trabalhadores da Mercedes Benz de Campinas realizam protesto
Após a tentativa de homicídio em Iracemápolis, a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas foi comunicada sobre o ocorrido que imediatamente informou os trabalhadores da Mercedes-Benz de Campinas.

Os trabalhadores paralisaram a produção e saíram da fábrica para protestar contra a irresponsabilidade e despreparo da empresa na contratação dos seus seguranças privados, colocando em risco a vida dos trabalhadores.

NÃO NOS CALARÃO, SEGUIMOS FIRMES NA LUTA DOS TRABALHADORES

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.