Os professores da rede municipal de Santos perderam a paciência com o governo. Farão uma manifestação pública na quarta-feira (09/03) a partir das 18h30 na Praça da Independência (Gonzaga) para mostrar todo descontentamento pelas péssimas condições de trabalho.
 
Condições que pioraram muito esse ano com o aumento significativo do número de alunos por professor ocasionada pela falta de professores nas unidade de ensino. Essa carência intensifica o trabalho dos profissionais, resulta na pressão para que os professores não cumpram os HTIs e HTPCs e inviabiliza o agendamento de licenças-prêmio e faltas-lei. 
 
Além da falta de professores, a situação piorou com o fechamento de salas de aula, com a superlotação das salas da Educação Infantil e com a manutenção de 30 a 35 alunos por turma na fase inicial do Ensino Fundamental e com 40 alunos por professor na segunda fase. O Regimento Escolar das unidades de ensino foi alterado, sem discussão com as escolas e suas comunidades. 
 
A SEDUC mostra-se intransigente, escondendo-se atrás de um Regimento Escolar retrógrado e insistindo em manter a atual proporcionalidade nas salas de aula da Educação Infantil, que deveriam ter dois ou três professores  e que na maioria dos casos contam com apenas um.
 
Iremos às ruas denunciar tudo isso e lutar pelo ingresso dos Professores I na carreira do magistério com 200h/a, pela redução do número de alunos por professor, pela inclusão no Estatuto do Magistério da obrigatoriedade da contabilização integral das horas aula livres e contra a terceirização da educação.
 
Criaremos ainda um grupo de trabalho que discutirá propostas de alteração e regulamentação dos procedimentos para atribuição de aulas. Para participar deste grupo, envie email para: [email protected]
 
Vamos denunciar para a população o que está acontecendo dentro das escolas, quais são as condições que o governo oferece aos trabalhadores da educação e aos filhos da classe trabalhadora!
 
SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE, COMPAREÇA!
NENHUM DIREITO A MENOS! AVANÇAR NAS CONQUISTAS!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.