Em eleição realizada na última sexta-feira, dia 5, os servidores escolheram os representantes para de Conselho Municipal para Acompanhamento e Controle do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb).

A eleição, que contou com 1.120 votantes, ocorreu na sede do Sindicato dos Servidores de Santos (Sindserv).

Foi escolhida pela categoria Andréa F. Melo, para ocupar a vaga no segmento professor, com 221 votos. Para a vaga do segmento funcionário Cássio Raimundo S. Canhoto foi eleito com 243 votos.

“Foi tudo feito democraticamente e respeitando a vontade dos trabalhadores”, afirmou o diretor do Sindserv, Wagner Gatto.

O diretor lamentou, entretanto, o fato de os mais votados terem de se submeter a uma nova disputa. “Isso acontecerá em virtude do Sindicato dos Estatutários de Santos (Sindest) ter se recusado participar da organização do pleito, preferido indicar os nomes diretamente e unilateralmente”.

Com quatro nomes à disposição para duas vagas (uma para o segmento professor e outra para o segmento funcionário de escola), novo processo será realizado, penalizando principalmente os candidatos que aceitaram concorrer no processo aberto e que agora mais uma vez passarão pelo crivo de uma votação. “É uma pena que por causa da intransigência do Sindest em não participar das eleições dois candidatos tenham que passar duas vezes por votações e os outros dois apenas uma. É injusto e antidemocrático”.

Eleições

O novo processo eleitoral entre os quatro candidatos será realizado na próxima quinta-feira, dia 11, das 15 às 20 horas, na escola estadual Avelino da Paz Vieira (Rua 7 de Setembro, no Centro).

O Sindserv sempre cobrou agilidade no processo em virtude da falta de controle e fiscalização das aplicações da verba do Fundeb, que só nesse exercício representa um montante de R$ 41 milhões.

É importante lembrar que apenas os servidores concursados podem participar do Conselho.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.