Assembleia cheia

A Baixada Santista vai parar!

Em noite histórica, trabalhadores de diversas categorias lotaram assembleia unitária para organizar greve geral

Se alguém ainda tinha dúvidas da força da greve geral desta sexta-feira (28) na Baixada Santista não há mais motivos para tal: a Assembleia Geral realizada na noite de ontem (26), em caráter unitário, demonstrou que a região será uma das mais afetadas no país pelas mobilizações contra a terceirização e as reformas da previdência e trabalhista.

A empolgação entre os trabalhadores que lotaram o auditório do Sindipetro, representando ali mais de trinta categorias, era grande. Também estiveram presentes estudantes, membros de organizações políticas, movimentos sociais, coletivos e associações.

Concentração dos servidores de Santos será a partir das 8h, na Praça Mauá

Lista completa de categorias presentes na Assembleia Geral de quarta-feira (26):
Petroleiros; Metalúrgicos; Químicos; Portuários; Trabalhadores da Construção Civil; Ferroviários; Rodoviários; Bancários; Servidores municipais de Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá e Praia Grande; Servidores estaduais e federais; Servidores da Previdência Social; Caminhoneiros; Gráficos; Trabalhadores dos Correios; Trabalhadores da Saúde; Professores particulares de Santos, das redes municipais de Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá e Praia Grande e da rede estadual de Ensino; Estudantes secundaristas e universitários; Vigilantes de Guarujá; Urbanitários; Trabalhadores de Condomínios e Edifícios; Hoteleiros; Enfermeiros; Jornalistas; Auditores Fiscais; Trabalhadores em Telecomunicações; Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica; Trabalhadores no Comércio de Minérios e derivados de petróleo; Trabalhadores da Limpeza; Trabalhadores Aposentados; Trabalhadores da CET de Santos.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.