Não precisa nem dizer qual foi o papel do sindicato-amigo-do-patrão nessa Campanha Salarial. Mais uma vez serviram ao prefeito.
 
Mas o vídeo que divulgaram de balanço do movimento nos chama a atenção. Nele, o presidente do sindicato-amigo-do-patrão agradece a forma passiva que a categoria apresentou durante a Campanha. Isso mesmo, veja:
 
“Se fomos vitoriosos nessa negociação, foi por conta do comportamento comedido de todos os trabalhadores públicos que souberam entender o momento e viram que a proposta negociada com o sindicato, e paga no dia de hoje, foi a melhor possível para o momento. Desde já nós estamos aqui agradecendo tal comportamento de toda a categoria”.
 
Ou seja, além de confirmarem com todas as letras que são PELEGOS, ainda têm a cara-de -pau de agradecer a categoria por não ter se metido na “negociação salarial”.
 
Até quando?
Enquanto a maioria da categoria apenas assistir a Campanha Salarial, vai ser exatamente isso que vai acontecer. O sindicato-amigo-do-patrão vai “negociar” o nosso reajuste anual pelas costas da categoria.
 
Quando os trabalhadores decidirem participar ativamente das mobilizações, não terá como os pelegos entregarem nossa Campanha Salarial. Ou eles vem a reboque (como aconteceu na greve de 2013) ou, mesmo eles aceitando uma proposta rebaixada, o governo será obrigado a escutar a categoria.
 
Mas tudo depende de nos enxergarmos enquanto protagonistas do movimento e participarmos de fato das atividades da Campanha Salarial!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.