O servidor Flávio Rodrigues Saraiva, da Chapa 1, foi eleito o novo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santos (Sindserv). Após uma apuração polêmica na sexta-feira e que terminou em registro de Boletim de Ocorrência no 3º DP de Santos, a Chapa 1 obteve 918 votos (51,3%), contra 395 da Chapa 2 (22,1%) e 362 da Chapa 3 (20,2%).

Foram registrados 1.787 votos, contando-se os 41 brancos e os 71 nulos. Flávio toma posse em 8 de maio, mas os advogados dos grupos derrotados nas urnas questionam o resultado na 3ª Vara do Trabalho. A categoria reúne mais de 13 mil servidores.

O candidato da Chapa 2, Pedro da Matta, reclama que algumas urnas, justamente as que ficaram guardadas na noite de terça-feira no Sindserv, não estariam lacradas. Por sua vez, a candidata da Chapa 3, Edna Mattos, aponta a presença de servidores mortos na lista de pessoas aptas a votar. “Eu garanto que as urnas do Sindserv ficaram lacradas e um representante de cada chapa passou a madrugada no sindicato”, explica a presidente do pleito e do Sindserv, Andréa Salgueiro.

O novo presidente comandará o sindicato pelos próximos quatro anos. As prioridades de Flávio Saraiva são a recuperação das perdas salariais, melhores condições de trabalho, construção da nova sede do Sindserv e implantação de cursos de formação. “Lutaremos contra a privatização da Capep, pois o servidor merece um plano de saúde condizente com suas contribuições”.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.