Durante o ato realizado ontem (10/12), o secretário de Gestão recebeu representantes das mães, professoras e sindicato e se comprometeu a dar uma resposta hoje. Ele teria uma reunião com o prefeito ainda no final de tarde de ontem, onde colocaria a reivindicação do movimento (permanência dos professores da rede no Projeto Mediador e, se necessário, contratação emergencial).

Após falar com o secretário, o movimento decidiu ir até a Câmara Municipal exigir o posicionamento dos vereadores. Eles tinham iniciado a última sessão do ano às 18h20, a passeata chegou na Câmara 19h e os vereadores já tinham ido embora. É mole?

A MOBILIZAÇÃO CONTINUA!

Assim que chegar a resposta do governo, o sindicato informará à categoria e às mães e pais. Caso o governo insista na TERCEIRIZAÇÃO da educação para crianças com deficiência e/ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), já marcaremos novas manifestações.

Caso a resposta seja positiva, continuaremos mobilizados para não termos nenhuma surpresa no apagar das luzes de 2020.

TODOS CONTRA A TERCEIRIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO!
NÃO ÀS OSCs!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.