O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santos iniciou a luta pela mudança de nível salarial dos 18 funcionários que ocupam o cargo de Guardas e que pertecem à Letra E, atuando durante 40 horas semanais.

Como tais cargos são antigos, anteriores inclusive à criação da Guarda Municipal, esses profissionais ganham menos que aqueles que pertencem ao efetivo da GM, embora exerçam as mesmas funções e sob as mesmas condições de risco.

Com o passar dos anos e o crescimento da GM, esses profissionais, cada vez em menor número, foram ficando de fora das conquistas dos demais segmentos do universo dos servidores.

Sendo assim, o Sindserv reivindicou, por meio de ofício protocolado na PMS, a reclassificação destes funcionários para o Nível H, bem como a criação de um adicional que reconheça os riscos inerentes ao exercício da função.

Participaram da entrega dessa reivindicação os funcionários interessados.

veja o ofício:

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.