Um mês sem ar-condicionado não seria problema em um inverno normal. Acontece que este ano tivemos calor em quase todo o Inverno. E para agravar ainda mais, o prédio que está sem ar-condicionado é o do Banco do Brasil, onde tudo é fechado.
 
Após anos sem manutenção, apresentando problemas inúmeras vezes, o Banco do Brasil (locatário do imóvel) está finalmente iniciando reforma no sistema geral de ar-condicionado. Reforma que irá durar um mês inteiro.
 
Muitas ligações denunciaram o calor insuportável no local, o SINDSERV organizou os trabalhadores em assembleia que deliberou por agendar reunião emergencial com o governo com um representante de cada andar da unidade. A reunião foi feita e os funcionários lotados no edifício obtiveram conquistas importantes para diminuir os transtornos: Cada Secretaria ficou responsável por readequar os horários dos servidores, diminuindo o tempo de exposição ao ambiente fechado e quente. Ficou a cargo da Gestão a verificação, junto ao Banco do Brasil, das condições das janelas, já que houveram relatos sobre a insegurança ao abri-las. Foi apontado pelo governo a tentativa de algumas medidas paliativas enquanto o ar não volta, como a instalação de ventiladores.
 
O sindicato ainda voltou diversas vezes na semana seguinte para conferir se o governo iria cumprir com a palavra empenhada em reunião e constatou que a mobilização dos trabalhadores realmente logrou êxito prático.
 
Evidente que nada mudaria sem a mobilização e organização dos trabalhadores dispostos a lutar por melhores condições de trabalho! PARABÉNS aos servidores do prédio do Banco do Brasil que, mais uma vez, mostraram o caminho para as conquistas: ORGANIZAÇÃO e LUTA!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.