Imagem: Gráfico de novas internações por dia em Santos (https://www.seade.gov.br/coronavirus/) mostra que as primeiras semanas de aula presencial (iniciadas dia 01/02) contribuiram decisivamente para maior pico de toda a pandemia.

Mais um professor faleceu por conta do IRRESPONSÁVEL retorno das aulas presenciais no começo desse ano. Edson Martins Gomes, professor na UME Judoca Ricardo Sampaio morreu dia 31/03.

O IRRESPONSÁVEL retorno das aulas presenciais em Santos é parte da política negacionista dos governos municipais, estaduais e federal. Política essa que contribuiu decisivamente para o maior pico de contágios e mortes em toda a pandemia (veja o gráfico).

Contaminou dezenas de pessoas integrantes da Comunidade Escolar e espalhou COVID-19 pelos transportes públicos lotados. Houve também mais mortes no rastro da política de retorno às aulas presenciais aqui na SEDUC Santos: o cozinheiro Wagner Rodrigues (UME Bandeira Brasil) e a professora Andrea Alves (UME Claudia Helena dos Santos Oliveira Correa e UME Waldery de Almeida).

Nas cidades da região e em todo o Estado de SP, foram dezenas de professores e funcionários de escolas, particulares e públicas, assassinados pela política do governo Doria de abrir as escolas para aulas presenciais, e da vontade dos prefeitos de plantão em seguir essa política genocida.

O anúncio de vacinação para os professores a partir de 47 anos mostra que o governador quer a todo custo reabrir as escolas. Isso não contempla boa parte dos professores e nem garante segurança para a comunidade escolar (demais funcionários, alunos e familiares dos alunos). Além disso, vai atrasar ainda mais a vacinação para trabalhadores que realmente não puderam parar (limpeza, assistência social, supermercados, saneamento, transporte…).

Nós, do SINDSERV Santos, lamentamos profundamente mais essa morte, de todos os demais servidores de Santos e de todos os trabalhadores de outras categorias que perderam suas vidas. Que nosso luto não nos abata e se transforme em luta.

Cristina Barletta, Rogério Santos, Adriano Catapreta, Doria e Bolsonaro: VOCÊS TÊM SANGUE NAS MÃOS!

MANUTENÇÃO TOTAL DAS AULAS REMOTAS ATÉ A IMUNIZAÇÃO VACINAL!