Os funcionários do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) estão, neste momento, realizando uma paralisação das atividades devido às péssimas condições de trabalho. O movimento, que irá durar o dia todo, tem o objetivo de denunciar para a população a precariedade a que estão submetidos (veja o panfleto aqui).

São inúmeros os problemas enfrentados pelos servidores da unidade que fica na Vila Nova (Av. Campos Sales, 128), como: Falta de funcionários, segurança, equipamentos e limpeza; Buracos no chão; Infiltrações nas paredes; Presença constante de ratos; Falta de refrigeração; Banheiros interditados; Espaço minúsculo para a cozinha; Fiações elétricas expostas; Botijão de gás em local inadequada; Entre muitos outros problemas que impedem o atendimento adequado à população.

A Prefeitura e a Secretaria de Assistência Social não podem alegar desconhecerem o fato. Os trabalhadores já protocolam documentos com as reivindicações desde o ano passado (veja aqui). No mês passado, o SINDSERV oficiou mais uma vez os pedidos, mas a Prefeitura se limitou a fazer uma desratização e pequenos consertos pontuais que não foram suficientes para resolver os problemas.

"Por tudo exposto, exigimos ações da Secretaria de Assistência Social para sanar todos os problemas que impedem o atendimento digno a população" (trecho do panfleto redigido pelos funcionários e distribuído à população).

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.