O SINDSERV fará nesta quarta-feira, dia 28, a partir das 6h20 da manhã, uma manifestação na UME Mário de Alcântara, no Valongo, em Santos. A escola fica na Rua Cauby, 75, próximo ao Terminal de Ônibus do Valongo.  Esta é mais uma unidade com estrutura precária e péssimas condições de trabalho.

Devido à situação caótica da escola, em fevereiro de 2009 a Prefeitura transferiu funcionários, professores, equipe técnica e alunos para o Centro de Capacitação “Prof. Darci Ribeiro”, na Rua São Paulo, 40-A, no bairro Vila Belmiro.

A promessa era de que com a mudança seria feita uma reforma para ser concluída no mesmo ano. Já estamos em abril de 2010 e todos continuam no mesmo imóvel “provisório”. Das obras prometidas só consta uma placa e alguns homens, que parecem estar se preparando para a obra em ritmo bem lento. No espaço provisório para o qual foram transferidos alunos e servidores há 1 ano e 3 meses, as condições de trabalho são essas:

– janelas quebradas
– “sala" de professores inadequada
– não tem quadra esportiva
– não há cobertura para interligar um prédio ao outro
– teto de gesso do pátio caindo
– ventiladores sem manutenção
– número de professores insuficientes

Na cozinha e Refeitório:
 – não tem grades nas janelas
– não existem ventiladores;
– as janelas estão quebradas;
– faltam portas (roubadas);
– a geladeira está enferrujada;
– faltam utensílios na cozinha (roubados)
– falta água rotineiramente, obrigando as merendeiras a lavar os utensílios em posição postural inadequada.

Além de tudo isso, a falta de segurança dentro da escola já resultou em roubo e vandalismo praticados de madrugada e nos finais de semana.

Com todos esses problemas numa prefeitura que tem previsão para arrecadar esse ano R$ 1,3 bi, só podemos concluir que o prefeito e a secretária governam de costas para educação, abandonando os servidores e os alunos.

CADÊ O DINHEIRO QUE A POPULAÇÃO PAGA EM IMPOSTOS?

ONDE ESTÃO OS SERVIÇOS DE QUALIDADE?


 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.