Na última sexta-feira os professores em estágio probatório tiveram uma infeliz surpresa. Foi publicado no Diário Oficial um comunicado informando que foram canceladas as férias de janeiro de 2010 de mais de 100 professores e servidores.

A justificativa é o artigo 8º do Decreto Municipal 4.896/07, que proíbe a concessão de férias para servidores em estágio probatório no trimestre que anteceder a data da última avaliação.

Mais uma vez, o prefeito Papa se vale de uma prática autoritária para prejudicar a categoria. Não leva em conta as especificidades de cada servidor. No caso dos professores, as férias são tiradas em janeiro por uma questão até de planejamento escolar.

O Sindserv vai solicitar ao Executivo que reconsidere a decisão, se preciso for por meio da revogação do decreto em questão.

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.