Foi publicado hoje (09/10) no Diário Oficial uma errata que corrige informação inverídica publicada pela Prefeitura de Santos dias antes. Na edição do dia 06/10, a Secretaria de Educação afirmou que a gratificação de complexidade já era paga aos professores desde 2012. Na verdade, esse benefício (já previsto em Lei desde 2012) só começou a ser pago em janeiro desse ano.

No dia seguinte o SINDSERV corrigiu essa informação publicamente e relembrou todo o processo de luta feito pela categoria para conquistar essa vitória (fato sempre omitido pelo governo).

Errar é humano, não há nenhum problema quanto a isso. Porém, além de reconhecer o óbvio, a Prefeitura poderia reconhecer o não cumprimento da Lei, desde 2012, pagando o retroativo a todos os professores que atuam nessas 8 escolas classificadas com Grau I e II de Complexidade.

NENHUM DIREITO A MENOS!
AVANÇAR RUMO A NOVA CONQUISTAS!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.