Agora, após a conquista da retirada da prova de aferição, a luta dos Professores Adjuntos I e II é pela Promoção, já que a SEDUC se comprometeu a atender esta pauta assim que oficializasse a alteração do Estatuto do Magistério.
 
Ou seja, não há mais nada que impeça a promoção dos Adjuntos, a menos que falte vontade política, pois a enorme vacância de Professores de Educação Básica I e II já atinge mais de 20% dos cargos criados.
 
Veja o ofício da reivindicação aqui.
 
Muitos profissionais do magistério estão sendo prejudicados, pois até hoje, tem recebido todas as vantagens fixas contabilizadas sobre 105h.
 
A luta também continua para a nomeação de novos professores (da lista vigente do Concurso Público de 2011) para todos os cargos vagos e, após isso, a imediata abertura de Concurso Público para sanar toda a carência de profissionais na Educação!
 
ESTATUTO DO MAGISTÉRIO:
Existem outros pontos de nosso Estatuto que continuam sendo descumpridos, são eles:
– Um Professor Adjunto I para cada três classes de educação infantil e das séries iniciais do ensino fundamental;
– Nomeação e alocação de professores de acordo com a necessidade das unidades;
– Regime de dedicação exclusiva;
– Legislação específica que organize a gestão democrática das unidades;
– Licença Acadêmica;
 
Conclusão: 
Só a luta muda a vida!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.