ATO DE REPÚDIO CONTRA O REAJUSTE SALARIAL DE ZERO%: 08/11/2022 (TERÇA-feira), 16h, na CÂMARA dos Vereadores (Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, 1 - Vila Nova)

Os servidores foram à sessão da Câmara desta quinta (3) protestar contra o REBAIXAMENTO SALARIAL que terão de cerca de 10%.

Os Projetos de Lei ainda não foram votados. Portanto, os trabalhadores continuarão comparecendo nas sessões da Câmara em repúdio ao rombo de 10% no poder de compra.

Próximo ato na Câmara dia 08/11 (terça-feira) a partir das 16h.

A PROMESSA ERA MENTIRA!

No começo do ano, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei de apenas 10,06% de reajuste, sendo que a inflação do período sem reajuste foi de quase 20%. O Projeto só foi aprovado por unanimidade porque o líder do governo na época, Rui de Rosis, prometeu que em setembro teria novo reajuste, caso as contas da Prefeitura melhorassem.

As contas da época já permitiam, mas em setembro ficou mais escancarado ainda: o governo só estava investindo 41,05% da arrecadação com os servidores. A Lei de Responsabilidade Fiscal autoriza a chegar até 54%.

A promessa do governo era mentira. O líder do governo foi cobrado e o governo teve que trocar de líder. Agora, o novo líder do governo entre os vereadores é o ex-secretário de Gestão Cacá Teixeira (PSDB).

SÓ A LUTA COLETIVA MUDA A VIDA!