Charge: Paulo Alexandre gritando "Boas férias!" para uma pessoa deprimida e toda encolhida dentro de uma casa

A Seduc respondeu a indignação dos servidores sem de fato responder alguma coisa (veja o ofício aqui). Apenas reafirma as férias para os professores e funcionários de escolas.

Para a imprensa, as representantes da Seduc se contradizem. Se em janeiro teremos 20 dias de Recesso mais 10 dias de formação, qual é o real motivo de antecipar as férias? Porque não manter os 20 dias de recesso mais 10 dias de formação AGORA e manter as férias tradicionalmente em janeiro?

Se são 30 dias agora e serão 30 dias em janeiro, não faz diferença nenhuma. A não ser que o governo já esteja prevendo que, chegando em janeiro, não vai cumprir a promessa de agora: “Então, sei que prometi, mas sabe como é, precisamos acabar o ano letivo e não deu em dezembro”.

Como pode, no mesmo vídeo, falar que não há previsão pro retorno às aulas e logo depois afirmar categoricamente que o ano letivo vai acabar em dezembro?

As representantes da Seduc só falaram sobre a situação dos professores no vídeo. Mas e os funcionários de escola, vão ter recesso em janeiro?

Quanto à desregulação do calendário escolar em relação às demais cidades? Silêncio. A maioria dos professores trabalham em mais de uma Prefeitura, essa sincronia com os demais municípios da Baixada Santista é fundamental para que eles se organizem.

Se a coisa já estava nebulosa, agora piorou mais ainda!

Novo Decreto

No dia 23/04 o governo revogou o Decreto para alguns cargos. Agora, além dos Especialistas de Educação I, II e III, também não entram nas “férias reclusão”: Professores em substituição de Equipe Técnica, Secretários de Unidade Escolar e Oficiais de Administração.

Continuam em “férias reclusão”: Agentes de Portaria, Auxiliares de Bibliotecários, Auxiliares de Serviços Gerais, Cozinheiros, Educadoras de Desenvolvimento Infantil, Intérpretes de Libras, Inspetores de Alunos, Merendeiros, Professores e Técnicos em Biblioteconomia.

QUARENTENA NÃO É FÉRIAS!
Revogação do Decreto das férias JÁ!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.