A manifestação foi o caminho escolhido pelos servidores da saúde que atuam em regime de plantão para repudiar a Prefeitura na tarde da última quarta-feira.

JUnto com o Sindserv eles foram até o Paço Municipal dpedir a manutenção das negociações sobre a mudança na jornada de trabalho de 800 profissionais.

O 1º andar da Prefeitura ficou lotado de funcionários que exigiram uma conversa com o prefeito Papa. O prefeito não atendeu a categoria, mas o chefe de Gabinete da Prefeitura, Edson Pinzan, garantiu que uma contraproposta dos trabalhadores será nalisada pelo prefeito.

Os servidores rejeitam a intenção da prefeitura de implantar e padronizar o esquema de 12h por 36h. Outra reivindicação é a equiparação entre auxiliares e técnicos de enfermagem e um reconhecimento aos motoristas de ambulância.

Veja abaixo a matéria publicada no Expresso Popular sobre o assunto.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.