A partir de 30 de julho os servidores municipais de Guarujá vão sentir em seus holerites um aumento e 37,96% no desconto referente ao plano de saude. Lá os funcionários são atendidos pela Unimed e os dependentes são taxados, diferentemente do que acontece em Santos.

A empresa alega que o reajuste é necessário pela alta taxa de utilização dos serviços, sobretudo pelos pais dos servidores, que com idade mais avançada demandam um maior número de atenimentos.

Esse tipo de situação serve de exemplo para que nós, servidores municipais de Santos, valorizemos ainda mais a Capep Saúde e lutemos pela sua manutenção. A Capep  uma autarquia que existe para servir os trabalhadores e não para buscar lucro. Enquanto nas empresas de saúde convencionais os reajustes são decididos pelos executivos do setor, na Capep a contribuição das partes só pode ser mudada por meio de projeto de lei.

 Sua superintendência, assim como a Prefeitura, tem que zelar pelo bom funcionamento e equilíbrio financeiro com o único objetivo de garantir a qualidade de vida dos trabalhadores. 

O que preciamos é fortalecer um patrimôno que é nosso!

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.