A política salarial para os servidores do nível P não é nada atrativa, levando a um grande número de exonerações. Por consequência muitos cargos ficam vagos por longos períodos, sobrecarregando ainda mais os que estão exercendo a função e prejudicando o atendimento à população.

No período de 2009 a 2012 pautamos essa discussão com o então prefeito Papa que afirmou que a nossa valorização seria garantida no Plano de Cargos, Carreiras e Salários. Porém, o PCCV não assegurou o princípio da isonomia entre todas as categorias do nível universitário.

Junto com o SINDSERV, os servidores de nível superior retomaram essa discussão em 2013, unidos com as demais categorias que pleiteavam a reclassificação. A atual administração negou a reivindicação para todas as categorias com a desculpa que não tinha dinheiro naquele ano e se comprometeu a analisar a situação de cada nível separadamente.

Hoje, há rumores de reclassificações de algumas categorias do nível P em andamento, desconsiderando o princípio da isonomia que pleiteamos.

Venha discutir essas questões!
Grupo de Trabalho Nível P -Valorização Profissional

24/06, às 18h, na sede do SINDSERV (Av. Campos Sales, 106)

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.