Os servidores dos segmentos que lutam por Reclassificação foram no dia 20/08 mais uma vez ao gabinete da Secretaria de Gestão reivindicar o pleito que até o governo reconhece ser justo. Infelizmente escutamos o mesmo choramingado de sempre: Estamos no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura não tem dinheiro…

Porém, a pressão fez com que o chefe da pasta, Fábio Ferraz, se comprometesse a elaborar uma "ideia" de contra proposta para o dia 22 de outubro. Apenas uma "ideia", porque Ferraz fez questão de deixar claro que não apresentará uma proposta concreta, nem mesmo um rascunho. Também fez questão de esticar ao máximo a data do próximo encontro, quase dois meses depois, o que revoltou os trabalhadores que já lutam pela Reclassificação há muito tempo.

Todo ano, a Receita do município sobe muito mais do que a inflação e do que o reajuste de salário dos servidores. E todo ano é a mesma desculpa. Pra superar de vez essa ladainha, só com a mobilização de todos os servidores dos níveis injustiçados!

SÓ A LUTA MUDA A VIDA!
AVANÇAR NAS CONQUISTAS!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.