O Governo Papa mostrou que está fazendo piada com os servidores e ofereceu 4,5% de reajuste nos salários, no vale-refeição e na cesta básica.

A resposta da categoria foi a rejeição da contra-proposta na assembléia realizada nesta quarta-feira, dia 24. E para mostrar que temos brio para lutar contra esse disparate, decidimos pela paralisação de duas horas em locaios de trabalho. Essas paralisações serão feitas todos os dias, cada vez  em um lugar diferente. Serão pontos estratégicos da administração, capazes de provocar impactos imediatos no serviço público e pressionar o Governo a recuar e chamar os trabalhadores para negociar de verdade.

A sistemática de paralisação aprovada é a seguinte: todos os dias, por volta das 6 horas da manhã, os diretores estarão no sindicato para estruturar as mobilizações. O servidor deve ligar para o sindicato logo cedo, no telefone 3228-7400, para se informar do local que será alvo da paralisação e então se dirigir para lá, mesmo que não pertença aquele setor.

Os locais não serão previamente divulgados para dificultar obstáculos ao direiro constitucional que o trabalhador tem de fazer greve,

A ordem agora é pressionar para avançar! Não vamos nos render enquanto não nos oferecerem um reajuste decente!

 

 

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.