O SINDSERV continua apertando o cerco para que a Prefeitura resolva os graves problemas estruturais e de falta de pessoal nas escolas. 

A situação de abando tem motivado várias paralisações de professores e funcionários. Na última sexta-feira, diretores do SINDSERV estiveram na Seduc para cobrar providências, Entregaram um ofício relatando com detalhes os problemas nos prédios, as falhas na entrega de material de apoio e a escassez de profissionais nas mais variadas funções.

Na reunião o SINDSERV obteve o compromisso de que todas as denúncias seriam apuradas e sanadas. Para o encaminhamento das providências, outras duas reuniões com o sindicato foram marcadas. Uma delas será com a Seduc e o Secretário de Obras e Serviços Públicos, Carlos Tavares Alberto Russo,  para prestar contas do que será feito em termos de reformas e reparos nas estruturas das unidades. 

O outro encontro será entre o sindicato, a Seduc e o Secretário de Gestão, Edgard Mendes Baptista Jr., para discutir o problema da falta de falta de funcionários e educadores.

Veja no link abaixo a íntegra do ofício enviado à Seduc com o detalhamento de todos os problemas encontrados pelo SINDSERV nas escolas.

   

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.