Após reunião com o secretário de Administração, Edgard Mendes Baptista Jr., a diretoria do Sindserv obteve o compromisso de que as monitoras de creche serão reenquadradas com um nível salarial acima do qual pertencem hoje.

O encontro serviu para o sindicato reforçar a reivindicação das monitoras com relação à nomenclatura de função. Há anos as trabalhadoras que fizeram pedagogia pedem para que passem a ser consideradas professoras. O secretário Edgard afirmou que, por enquanto, essa mudança não está prevista, mas garantiu que em sendo aprovado esse ano o plano de carreira, a partir de janeiro de 2010 as monitoras serão reenquadradas com um ganho salarial automático de aproximadamente 9%, passando do Nivel M para o N.

O Sindiserv entende que esta é uma maneira de reconhecer o investimento em qualificação das profissionais, mas continua defendendo e lutando pela nova nomenclatura. Às monitoras são atribuídas funções educativas, organizadas em instituições de caráter escolar. Elas fazem, sim, parte de um projeto político-pedagógico, onde as crianças estão inseridas desde os primeiros meses de vida, e não ficam apenas restritas aos cuidados físicos, alimentares e higiênicos.

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.