O SINDSERV encaminhou ofício ao Prefeito Papa e ao Secretário de Saude, Odílio Rodigues, pedindo esclarecimentos sobre a denúncia de contaminação dos funcionários das Unidades Básicas de Santos com mercúrio.

A denúncia sobre a contaminação foi veiculada na Coluna Dia a Dia, de A Tribuna, no último dia 7.

O sindicato exige que o levantamento técnico da situação e a puração de quaisquer irregularidades que possam colocar em risco a saúde dos trabalhadores da rede municipal de Saúde.

O mercúrio é um metal pesado e sua presença no sangue humano pode comprometer seriamente a saúde, causando várias doenças, inclusive, falência renal.

A suspeita de contaminação por problemas na máquina usada na produção de amálgama odontológico, sunstância usada para restaurações, só vem de encontro ao que o sindicato vive alertando: na maioria dos equipamentos não há condições de trabalho.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.