NÃO VOTE NELES (parte 3): deputados da região. Júnior Bozzella (UNIÃO), Rosana Valle (PL) e Tenente Coimbra (PL)

A parte 3 da série “NÃO VOTE NELES” é dedicada aos 3 atuais deputados da região que buscam a reeleição. Porém, em apenas 4 anos eles já provaram que NÃO merecem os nossos votos. Veja:

Júnior Bozzella (UNIÃO)NÃO VOTE NELE: Júnior Bozzella (UNIÃO)

O deputado federal não só votou a favor da Reforma da Previdência como também mobilizou assinaturas de representantes de entidades empresariais e patronais em favor desse ataque aos trabalhadores brasileiros. Agora candidato à reeleição, é mais um que recomendamos: NÃO VOTE NELE!

Rosana Valle (PL)NÃO VOTE NELA: Rosana Valle (PL)

Queridinha da região quando apresentava programa de turismo, hoje todos sabem sua face bolsonarista. Rosana Valle deu seu voto favorável à “PEC Emergencial”, que criaria gatilhos constitucionais que congelariam salários, benefícios, progressões e promoções no serviço público, e restringiria concursos públicos somente para cargos vagos.

Outro voto vergonhoso: se posicionou contra a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL), que defendeu ditadura militar, fechamento do STF e destruiu a placa de Marielle Franco.

Isso sem falar, é claro, da traição que cometeu em 2019 ao votar sim à Reforma da Previdência, quebrando a promessa que havia feito a dirigentes sindicais da região.

Nunca é demais lembrar que Bolsonaro liberou mais de R$ 4 bilhões para os deputados que votaram a favor da reforma. Por coincidência, a maioria dos deputados investiram esse orçamento secreto na compra de tratores superfaturados, com valor 259% maior que o preço normal. Também por coincidência, nessa mesma época Rosana Valle comprou um trator com verba federal e o destinou para Pedro de Toledo.

Tenente Coimbra (PL)NÃO VOTE NELE: Tenente Coimbra (PL)

Outro bolsonarista que vota tudo o que for contra os trabalhadores. Esse tenta reeleição no cargo de deputado estadual. Tem o mesmo discursinho mentiroso de enxugamento máximo do Estado, que na verdade é enxugamento apenas para os pobres, para os ricos o Estado continua forte, privilegiando a terceirização e a privatização.

É o principal articulador das Escolas Cívico-Militares na região. Esquema que drena recurso público para pagar militares aposentados e que não dá resultado.

NÃO VOTE NELES!

SÉRIE “NÃO VOTE NELES”

Parte 1: Paulo Alexandre Barbosa (PSDB)

Parte 2: vereadores de Santos

Parte 3: deputados da região

Parte 4: Bolsonaro (PL)