A insatisfação com o governo é tamanha que, no dia 03/03, quase todos os Técnicos de Informática da Prefeitura de Santos decidiram perder o almoço para protestar. O descontentamento não é para menos, a Prefeitura empurra com a barriga a reivindicação dos servidores há anos.
 
O nível salarial dos Técnicos de Informática está muito defasado em relação ao mercado e à outros entes públicos (até mesmo os técnicos da Prodesan, presidida pela mesma Prefeitura, ganham mais). O que mais indigna os profissionais é que são apenas 29 trabalhadores, ou seja, uma mudança de nível não faria nenhum rombo nos cofres da Prefeitura, muito mais agora onde o índice de Despesa com Pessoal está em 46% (muito longe do limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal).
 
Esses são os trabalhadores que dão suporte a todo o sistema informatizado da Prefeitura de Santos (câmeras de monitoramento, unidades de saúde, escolas, assistência social, IPTU, arrecadações em geral, processos, consulta sobre serviços e eventos à disposição do cidadão pela internet, ouvidoria municipal). "Temos consciência que nosso trabalho é importante para os munícipes, mas vemos que esse mesmo trabalho, bem como os nossos (baixos) salários, não são valorizados pela administração municipal. Há meses nos reunimos com representantes do Sr. Prefeito para reivindicar uma reclassificação salarial e o resultado é zero, aumentando somente as atribuições", dizia o manifesto panfletado na Praça Mauá.
 
NENHUM DIREITO A MENOS
AVANÇAR RUMO A NOVAS CONQUISTAS

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.