A luta pelo resgate de uma assistência médica decente continua.

Na última assembléia, os servidores decidiram pela continuidade das mobilizações em defesa da Capep Saúde. Na semana retrasada exigimos uma atitude da superintendência na sede da autarquia. Nada aconteceu. Agora vamos ao prefeito clamar por soluções.

Quem estiver comprometido com a volta do nosso atendimento médico não pode deixar de comparecer no ato desta quinta-feira, às 18 horas, em frente ao gabinete do prefeito João Paulo Tavares Papa.

Vamos exigir o pagamento imediato da dívida (estimada em R$ 9 milhões) da Capep pela Prefeitura. Vamos dizer não à taxação dos dependentes. Essa vitória depende da participação de cada servidor!

 

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.