Estão pesando mais no bolso os itens básicos para alimentação da família paulistana. O custo médio da cesta básica de São Paulo subiu 0,14% na primeira semana de julho (entre os dias 2 e 8). O custo, que estava em R$ 288,91, passou para R$ 289,07, puxado principalmente pela alta dos custos com alimentação. O estudo foi realizado pela Fundação Procon-SP em conjunto com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e divulgado nesta quarta-feira.

Segundo o levantamento, os custos com alimentação subiram 0,38% no período. Também tiveram alta os custos de higiene pessoal (0,24%). Na contramão ficaram os preços dos itens de limpeza (-1,71%).

No período pesquisado, os preços que mais subiram foram salsicha avulsa por kg (8,4%), alho por kg (3,32%), feijão carioquinha por kg (3,24%) e creme dental em tubo de 90 g (2,46%).

Na contramão tiveram as maiores quedas os preços da unidade do sabão em barra (4,88%), do biscoito maisena em pacote de 200 g (4,17%), farinha de trigo em pacote de 1 kg (1,97%) e desodorante spray em embalagem de 90 a 100 g (1,78%).

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.