Foto do prefeito e da Secretária de Educação com o Gráfico de fundo que mostra a média diária de novos casos em SP mostra que estamos no pior momento em toda a pandemia. Embaixo está escrito: "IRRESPONSÁVEIS: aulas presenciais no maior pico de toda a pandemia".

Reunidos em assembleia, os trabalhadores da Educação da Prefeitura de Santos decidiram construir um dia de greve sanitária. O empenho dos servidores presentes agora é de conversar com os colegas e ampliar o movimento para as outras secretarias onde diversos trabalhos não essenciais estão ocorrendo presencialmente.

Santos tem um número absurdo de mortes por habitantes. O índice é o maior do Estado de SP. O “Plano São Paulo” que classifica as regiões em fases É UMA FARSA! Santos continua na fase laranja porque tem leitos sobrando. Leitos que foram desocupados justamente porque as pessoas que estavam lá MORRERAM!

A IRRESPONSABILIDADE do Dória, Paulo Alexandre e Bolsonaro fez com que o contágio aumentasse imensamente agora no começo do ano. A segunda onda já está maior que a primeira, veja:

Gráfico com a média diária de novos casos em SP mostra que estamos no pior momento em toda a pandemia.

Agora, os IRRESPONSÁVEIS Rogério Santos e Cristina Barletta querem ampliar ainda mais o número de contágio e mortes OBRIGANDO a volta às aulas presenciais.

CHEGA! NÃO VAMOS DEIXAR O NEGACIONISMO MATAR MAIS SERVIDORES, PAIS, MÃES E CRIANÇAS!

Vamos construir a necessária GREVE SANITÁRIA: CONTRA O RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS, EM DEFESA DA VIDA E PELA VACINAÇÃO PARA TODOS!

PRÓXIMA ASSEMBLEIA DE AVALIAÇÃO DO MOVIMENTO: 11/02 (quinta-feira), às 19h, pelo link https://sindservsantos.org.br/assembleia