Ofício do governo recusando a ampliação da participação dos servidores n Comissão de Negociação Sindical

Por meio de ofício, o governo recusou a participação dos servidores democraticamente eleitos em assembleia para a Comissão de Negociação Sindical (CNS).

Essa Comissão foi criada pelo governo por Decreto, sem consultar o sindicato, muito menos a categoria. Nela só poderão participar 2 representantes do SINDSERV Santos, 2 do sindicato-amigo-do-patrão e 5 do governo.

Independente da vontade do governo, o SINDSERV continuará discutindo junto com os trabalhadores todos os assuntos que lhes dizem respeito. Continuará levando todas as decisões importantes para quem de fato deve decidir e no espaço de decisão adequado, a ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES.

Estaremos presentes na Comissão através dos representantes do sindicato. Porém, o centro da luta continua sendo a categoria em movimento junto com seu sindicato. Só isso pode garantir conquistas nessa Campanha Salarial e nas futuras lutas que os servidores terão que enfrentar.

Até o momento, o governo ainda não respondeu NENHUMA das reivindicações da Campanha Salarial protocoladas no dia 12/11.