Imagem do ofício

Na última quinta-feira (2/12) os servidores decidiram em assembleia quem são os 4 trabalhadores que a categoria quer na Comissão de Negociação Sindical (CNS) criada pelo governo por Decreto.

Sem consultar ninguém, o governo decidiu pela criação dessa Comissão sem nenhum representante direto dos servidores (apenas 2 representantes do SINDSERV, 2 do sindicato-amigo-do-patrão e 5 do governo). Porém, a assembleia que decidiu a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2022 também decidiu reivindicar 4 cadeiras nessa Comissão.

Vamos lutar para ocupar esse espaço, mas sabendo que o centro da luta não é ele! O que pode garantir conquistas nessa Campanha Salarial e nas futuras é a categoria em movimento junto com seu sindicato.

Representantes da categoria, eleitos em assembleia, para a CNS:

– MARCOS LAURINDO DE EIROZ (titular);
– FLABIA FARIA DA COSTA E SILVA (titular);
– ANDREA BRAGA SALGUEIRO (suplente);
– BARBARA MARIA BALTAZAR DE JESUS (suplente).

Representantes do SINDSERV Santos para a CNS:

– TERESA CRISTINA BORGES DE CAMPOS (titular);
– EMANOEL JULIO SILVA DE LIMA (titular);
– MÁRCIA ESTER CALDAS DOS SANTOS (suplente);
– ALEXANDRE MANETTI (suplente).

Até o momento o governo ainda não respondeu nenhuma das reivindicações da Campanha Salarial protocoladas no dia 12/11.