Os funcionários das 8 escolas municipais classificadas como complexas estão mobilizados para também garantir a gratificação de complexidade instituída aos integrantes do magistério. Esta gratificação corresponde a 20% do vencimento do cargo (para grau 2) e 10% (grau 1) e é baseada na Lei Complementar 752/2012.

No dia 08/04, os funcionários representantes dessas escolas (Esmeraldo Tarquínio, Oswaldo Justo, Pedro Crescenti, Pedro II, Cidade de Santos, José Carlos de Azevedo Júnior, Padre Leonardo Nunes e 28 de Fevereiro) e o SINDSERV se reuniram com o Secretário de Gestão para cobrar a criação de um dispositivo na lei que inclua os funcionários no pagamento da gratificação por complexidade.

Segundo o Secretário, o pleito é pertinente e comprometeu-se a dar resposta dentro de 15 dias, em reunião que marcará em local amplo para que todos possam participar. Neste tempo, estará se comunicando com a Secretária de Educação e os técnicos da SEDUC.

E no dia seguinte…
Na tarde de 09/04, novamente se reuniram os funcionários e o SINDSERV e estiveram com a Secretária da Educação para discutir sobre o tema. A mesma manifestou não ter nada contrário à reivindicação, achando o pleito justo.

Porteiros, cozinheiros, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, oficiais administrativos, secretários escolares, auxiliares bibliotecários e inspetores de alunos: FIQUEM ATENTOS! Assim que tivermos a data da reunião que será aberta e que divulgará o resultado da nossa reivindicação, divulgaremos e TODOS devem comparecer! Não adianta ficar apenas na torcida, têm que PARTICIPAR!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.